Icone Menu Hamburguer

Jogos que marcaram 2002

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Reddit

…pra muitos um ano muito distante, muitos leitores talvez nem estavam pensando em Vídeo Game, mas que todos que não viveram essa época saibam, e quem viveu relembre, esse ano foi FANTÁSTICO.


2002 na mídia…


Uma das coisas que mais me marcaram em 2002, não foram só games, consoles e novidades na área de tecnologia, uma das coisas mais legais para quem acompanhava a indústria de games, foi o lançamento da revista EGM totalmente localizada para o Brasil


A marca já era muito conceituada fora do Brasil, e por aqui não foi diferente, em pouco tempo se tornou referência no meio e assim foi por um longo tempo (não até o final de sua vida). Logo na primeira edição em abril, uma enxurrada de games, e o melhor, com informações coesas, um editorial mais adulto, muitos colunistas, analistas, ou seja, todo o Feedback financeiro americano.



Aqui algumas das seções mais legais da revista que  possuíam muita informação ao longo de suas quase 100 páginas.


“START”


Trazia entrevista com produtores, nesse primeiro número eram sabatinados nada mais nada menos que: Yoshinori Kitase (FFX) e Hideo Kojima (MGS2). Matéria com o longa ”Resident Evil – O Hospede Maldito” e algumas noticias sobre a Playstation Meeting, que bombava com as novidades do novíssimo Playstation 2.


”PREVIEW”


Muitos, mas muitos games nessa seção, e o melhor de tudo,  os games vinham com uma análise completa, com imagens, data de lançamento, número de jogadores, site da Publisher, plataformas disponíveis e mais, mais e mais… Tudo isso sem distinção de plataformas, pois podíamos ver jogos para Playstation 2, Playstation 1, Game Boy, N64, Xbox e até Ngage!!!!!


”GAME OVER”


A seção que eu mais gostava. Sempre alguém relacionado a indústria, no final das páginas da EGM, fazia um texto relacionado a algo da indústria, desde críticas, opiniões, informações a até entrevistas com jogadores profissionais. Nesse primeiro números tínhamos um texto chamado ”Istas”, uma critica aos jogadores que insistiam a se prender a um console como se prende a religiões, times de futebol, partidos políticos e por ai a fora. Um dos melhores textos que já li sobre o assunto, fica a dica.


AH…. os consoles de 2002.




Essas 3 criaturas eram o que de mais moderno existiam na época, e povoavam o inconsciente de todos o gamers, cada um vinha com um legado diferente.


O Xbox vinha com a promessa de todo o suporte financeiro da MS, mas sem qualquer conhecimento de por onde ia trilhar seu caminho.


O Game Cube trazia a experiencia do N64, que teve relativo sucesso, mas amargurava uma posição incomoda e o começo da desconfiança dos gamers, já que a N tinha perdido grande fatia do mercado para um tal de…


…Playstation, que tinha tido um vitória esmagadora na geração anterior, acabando com Dream’s (?!?) e causando uma expectativa imensa sobre seu sucessor, que na boa, tirou de letra.

Vamos começar esmerilhando nosso saudoso Líder de vendas.


Playstation 2


Vamos aqui fazer um comentário sobre alguns jogos, nada técnico ou critico, apenas transcrever algumas informações para que caso seja do interesse do leitor ele venha a conhecer o game, e caso ele não conheça, que o post venha trazer informações para que você amigo, conheça esses games que com certeza marcaram você.



Metal Gear Solid 2

O game chegou no console da Sony trazendo a reputação do seu antecessor, que tinha sido absoluto em critica e vendas no Playstation One, e com ele a Sony mostrou a que veio, e o que seus fãs poderiam esperar a partir daquele momento.


O Jogo é recheado de novidades, cheio de vida, intensidade, um clima de espionagem incrível e a sensação de que algo sempre vai acontecer, acompanha você do inicio até depois do fim do game. Uma gama muito grande de equipamentos que ainda não tinham sido explorados com tanta clareza em outros games até então, possibilidade de se passar por itens do cenário como forma de camuflagem….incrível.



O jogo foi projetado e idealizado por Hideo Kojima, que viria a se tornar nada mais, nada menos do que ele é hoje. Publicado pela Konami , que hoje, muitos acreditam estar a cargo de destruir todo o legado construído e deixado para ela por Kojima, mas isso é uma outra historia.


Lançado em 12 de Novembro de 2001 exclusivamente para Playstation 2, o jogo ao longo de sua vida teve números expressivos de vendas, alcançando a incrível marca de mais de 7 milhões de cópias vendidas  e muitos prêmios, incluindo:


E3 2001 Game Critics Awards


  • Melhor jogo de Console
  • Melhor jogo de ação aventura

GameSpot 2001 Game of the Year Awards


  • Melhor Música
  • Maior Surpresa (Introdução do Raiden)

Se você não conhece, não jogou ou até nunca viu o game, fica a dica de mais de 7 milhões de usuários, dê uma ”espiadinha” nessa obra prima, surpreenda-se com um jogo de 2001/2002 com cara de 2017.



Final Fantasy X

Final Fantasy X chegava ao Playstation 2 em julho de 2001, com toda a bagagem já conhecida por muitos no Playstation One, mesmo que Final Fantasy IX não tenha sido unanimidade, sem saber esse seria o melhor momento da série durante alguns anos.


O jogo tinha gráficos estonteantes e o mais interessante, a temática fantasiosa tinha ficado no passado, dando espaço a uma abordagem mais adulta ou no minimo adolescente de Tidus e Yuna, isso realmente deu uma nova cara a série, e no seu enredo principal, segue assim até hoje.


FFX, trazia um novo modelo de batalha e o novíssimo Sphere Grid, que entregava uma possibilidade incrível de customização e proporcionava horas em busca de novos elementos para adicionar as estratégias de batalha. Nesse sistema você assumia completamente o poder sobre suas estratégias de batalha, aumentando e muito a diversão e as possibilidades durante o Gameplay.



Final Fantasy X introduz o sistema de combate “Conditional Turn-Based” (CTB) para substituir o tradicional da série “Active Time Battle” (ATB), utilizado desde Final Fantasy IV. Enquanto o conceito do ATB empregava elementos em tempo real, o CTB é um formato baseado em rodadas que pausa a batalha durante as rodadas do jogador. Dessa forma o novo sistema permite que o jogador selecione sua ação sem a pressão do tempo. Uma linha do tempo gráfica no canto superior direito da tela informa quem receberá a próxima rodada e como as ações tomadas irão influenciar nas subsequentes vezes.


O jogador pode controlar até três personagens em combate, com um sistema de troca permitindo que um personagem seja substituído por outro em qualquer momento. O ataque especial de grande dano “Limit Breaks” volta em X na forma dos “Overdrives”. A maioria das técnicas são interativas nessa nova incarnação, precisando que certos botões sejam pressionados para aumentar sua efetividade. Apesar de inicialmente os Overdrives só poderem ser utilizados após um personagem receber uma quantidade significativa de dano, o jogador pode modificar esses requerimentos posteriormente.


Final Fantasy X foi recebido com entusiasmo pela midia especializada e foi o Boom inicial do Playstation 2 apontando o console para o rumo da consagração da sua geração. O jogo alcancou os melhores numeros de pré vendas de toda a historia da série, totalizando quase 8 milhões de cópias vendidas e ficando como o terceiro Final Fantasy mais vendido da historia da série.


O jogo tem uma segunda versão chamada de Final Fantasy International , com algumas mudanças, como um novo boss e um pequeno mini cenário, se você vai conhecer o game agora, provavelmente irá adquirir essa versão. Ah, não esqueça que esse game foi remasterizado para Playstation 3, Playstation 4 e Playstation Vita, então ta bem fácil de se apaixonar pela bela Yuna pela primeira vez ou novamente.



”Estou satisfeito com o resultado final do jogo, combinando gráficos de primeira linha com um enredo dramático

e um excelente sistema de batalha” (Yoshinori Kitase falando a revista EGMBrasil)


PSN O inicio




Foi no Playstation Meeting de 2002 que a Sony mostrou o inicio do que viria a se tornar a PSN como conhecemos hoje. Naquela data a Sony mostrou seu interesse de colocar sua plataforma atual on line o mais breve possível, o serviço inicial contava com um navegador, um gestor de e-mail e a possibilidade de chat, além de musicas e filmes usando o navegador nativo do PS2, mas tudo isso só no Japão!



Já nessa data foi anunciada a possibilidade de adquirir conteúdo do Psone mediante a um pagamento para uso doméstico do software, sendo possível baixar para o HD do Playstation 2, caso você adquirisse o kit HD, mais Modem do console.


O primeiro jogo online do Playstation 2 foi Final Fantasy XI, lançado no Japão.


Bugigangas Inovadoras




A Sony lançou muitos acessórios para o Playstation 2, e alguns bem legais, como esse suporte vertical que você confere na foto acima, e tem outros exemplos como o Eye toy. A camerazinha era capaz de detectar o movimento do jogador e colocar as imagens dentro do jogos, e até capturava movimentos.


O Eye Toy é uma câmera digital a cores, semelhante a uma webcam, para o Playstaion 2. A tecnologia faz uso da visão computadorizada para processar imagens tiradas pela câmera, o que permite a interação com jogos através do movimento do corpo, detecção de cores e, através do microfone incorporado, som. A  câmera é fabricada pela Logitech, embora os EyeToys mais recentes sejam manufaturados pela Nam Tai, e é usada principalmente para jogar jogos compatíveis com o EyeToy fabricados pela Sony e por outras empresas.



Também tivemos pistolas, controles sem fios, decks para colocar 4 controles simultâneos, game shark, memory card e afins que tronam o console quase em um transformer.


Resumo


Enfim, é isso galera, espero que tenham gostado da matéria, e estejam gostando do que vem sendo apresentado nessa seção da Gamers Action, esse foi um pequenissimo resumo do ano de 2002 no Playstation 2. Só pra conhecimento de todos tenho um Playstation 2 da primeira tiragem em perfeito estado de conservação, amo o console e espero que todos tenham o prazer de conhecer essa obra prima também


Fiquem a vontade para pedir matérias sobre qualquer console retrô, N64, 3DO, Jaguar, Neo Geo, Mega Drive, Master System, 32X… fiquem a vontade.


Abraço e nos encontramos em breve.


Fonte(s): FFXEye Toy

Gamer hardcore desde 1991, gosta de todos os gêneros de games e tudo relacionado a games. Pai do Felipe, Marido e Headbanger.